SOJA: VALORES CAEM NO MERCADO INTERNO; LIQUIDEZ SEGUE BAIXA

Os preços da soja caíram no mercado brasileiro na semana passada, pressionados pela desvalorização do dólar, pelo enfraquecimento do prêmio de exportação e por estimativas indicando safra 2022/23 recorde no Brasil – prevista em 152,71 milhões de toneladas pela Conab e em 153 milhões de toneladas pelo USDA. Diante disso, a liquidez segue baixa no mercado brasileiro. As quedas, entretanto, foram limitadas pela ausência de vendedores no mercado spot. Isso porque, segundo colaboradores do Cepea, sojicultores estão com as atenções voltadas às atividades de campo e não mostram interesse em negociar o remanescente da safra 2021/22. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

<< Voltar
  • Compartilhe: