SOJA: COTAÇÕES RECUAM, MAS QUEDAS SÃO LIMITADAS POR DÓLAR E MELHORA NA LIQUIDEZ

A baixa demanda externa, sobretudo da China, vem mantendo os preços da soja em grão em baixa no spot nacional. De acordo com pesquisadores do Cepea, além disso, as expectativas de colheita recorde no Brasil na safra 2022/23 e de maior área nos Estados Unidos em 2023/24, e as desvalorizações externas e dos prêmios de exportação, também influenciaram as quedas nos preços domésticos. Por outro lado, o avanço do dólar e o reaquecimento na liquidez doméstica na última semana limitaram a desvalorização da soja. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

<< Voltar
  • Compartilhe: