MILHO: MAIOR RITMO DE COLHEITA PRESSIONA COTAÇÕES

Os preços do milho caíram na última semana na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea. De acordo com pesquisadores deste Centro, a pressão vem do avanço da colheita em um ritmo acima do verificado no ano anterior. De modo geral, as negociações estão lentas no spot. Segundo pesquisadores do Cepea, ainda que muitos produtores comecem a aumentar o volume disponibilizado, uma parcela, receosa quanto aos impactos do clima adverso sobre as lavouras, segue limitando a oferta. Do lado da demanda, conforme colaboradores consultados pelo Cepea, consumidores recebem lotes negociados antecipadamente ou priorizam a utilização dos estoques, adquirindo poucos lotes no spot, à espera de novas desvalorizações. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

<< Voltar
  • Compartilhe: