MILHO: INDICADOR SEGUE EM QUEDA

O preço do milho fechou março em baixa. De acordo com informações do Cepea, enquanto produtores têm necessidade de escoar a produção da safra de verão, compradores nacionais e externos limitam as aquisições. Vendedores estão mais flexíveis nos valores e dispostos a realizar entregas imediatas. Do lado da demanda, agentes consultados pelo Cepea sinalizam ter estoques para o curto prazo, enquanto outros aproveitam as oportunidades atuais de maior oferta para adquirir o cereal a valores mais baixos. EXPORTAÇÃO – As compras no spot estão em ritmo muito lento, mas os embarques seguem intensos. Até a terceira semana de março (18 dias úteis), o Brasil exportou 1,13 milhão de toneladas de milho, volume 99% maior que o do mesmo período do ano passado, segundo a Secex, e superior às 900 mil toneladas estimadas pela Anec (Associação Nacional dos Exportadores de Cereais) para este mês.  Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

<< Voltar
  • Compartilhe: