MILHO: INDICADOR ATRAVESSA PRIMEIRA QUINZENA EM QUEDA

Diante da expectativa de safra 2022/23 recorde no Brasil, os preços do milho vêm registrando fortes quedas diárias consecutivas – as baixas são verificadas desde o encerramento de março. De acordo com colaboradores do Cepea, enquanto compradores internos adquirem apenas pequenos volumes no spot, vendedores estão mais flexíveis nos preços de negociações, e exportadores priorizam as negociações envolvendo a soja. Em relatório divulgado neste mês, a Conab elevou a previsão de colheita em 200 mil toneladas frente às estimativas de março, devido à melhora na produção da safra verão. Agora, a temporada 2022/23 é estimada em 124,87 milhões de toneladas, aumento de 10,4% em relação a 2021/22. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

<< Voltar
  • Compartilhe: