ALGODÃO: VALORES INTERNOS SEGUEM EM QUEDA E SE APROXIMAM DA PARIDADE DE EXPORTAÇÃO

Os preços do algodão seguem em queda no Brasil, movimento que vem sendo observado desde meados de fevereiro. Segundo dados levantados pelo Cepea, esse cenário é resultado da demanda interna enfraquecida e do ritmo mais lento das exportações brasileiras de algodão em pluma. Assim, os valores internos têm se aproximado do limite inferior esperado pelo mercado, que é a paridade de exportação, e vendedores têm demonstrado maior interesse em novas negociações destinadas ao mercado externo. Do lado vendedor, alguns estão mais flexíveis nos preços pedidos, sobretudo no caso de lotes com características intrínsecas e/ou de cor, devido à proximidade da safra nova e à necessidade imediata de venda. Outros agentes, contudo, estão afastados do spot, diante do fraco ritmo de vendas de manufaturados na ponta final. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

<< Voltar
  • Compartilhe: