ALGODÃO: PREÇO DA PLUMA INICIA JUNHO MAIS FIRME; EXPORTAÇÃO PODE ATINGIR RECORDE

A maior presença de agentes ativos no spot vem sustentando os preços internos do algodão em pluma neste início de junho. Segundo pesquisadores do Cepea, alguns compradores chegam a pagar valores maiores, especialmente em lotes de qualidade superior. Do lado vendedor, apenas uma parcela está mais flexível, atenta às desvalorizações internacionais. Houve, ainda, um maior ritmo de comercialização envolvendo a pluma da safra 2023/24 e também da 2024/25, conforme pesquisas do Cepea. Agentes continuam dando prioridade aos embarques da pluma já contratada anteriormente – os lotes são destinados aos mercados externo e interno. Pesquisadores do Cepea explicam que esse cenário atrelado aos preços atrativos das exportações mantêm intensas as vendas externas. Em apenas cinco dias úteis de junho, o Brasil já escoou 50,34 mil toneladas de algodão, se aproximando do volume exportado em todo junho/23 (60,3 mil toneladas) e sinalizando recorde para o mês – dados Secex. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

<< Voltar
  • Compartilhe: