ALGODÃO: INDICADOR DE MAIO É O MENOR EM QUASE QUATRO ANOS

Os preços internos do algodão em pluma caíram ao longo de maio, com a média mensal registrando o menor nível em quase quatro anos. Segundo pesquisadores do Cepea, além das quedas externas, a pressão veio da maior flexibilidade de vendedores domésticos, visando à liquidação do saldo remanescente da temporada 2022/23. Do lado comprador, indústrias seguiram com aquisições pontuais, diante da demanda restrita por manufaturado e/ou da dificuldade em obter a pluma de qualidade esperada. Agentes apostam em novas baixas de preços com a proximidade da safra recorde. Em maio, o Indicador CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, teve média de R$ 3,8568/lp, a menor desde julho/20 (R$ 3,8063/lp), 3,29% abaixo da de abril/24 e 2,38% inferior à de março/23, em termos reais (deflacionamento pelo IGP-DI de abril/24). Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

<< Voltar
  • Compartilhe: