ALGODÃO: INDICADOR CAI 12,5% EM JUNHO

Os preços domésticos do algodão em pluma recuaram 12,5% em junho, voltando aos patamares observados em meados de outubro/20. Segundo pesquisadores do Cepea, a pressão veio das menores cotações observadas para a pluma posta na Ásia e também da desvalorização do dólar, que reduziram a paridade de exportação. Em geral, mesmo que ainda haja dificuldade em acordar preço e/ou qualidade entre comprador e vendedor, o maior impasse está no desempenho das vendas ao longo da cadeia, o que limita as negociações no spot e também mantém players apreensivos para realizar contratos a termo envolvendo grandes volumes. Boa parte dos cotonicultores tem se mantido afastada de novas negociações, diante do mercado baixista. As estimativas de que a nova safra seja volumosa reforçam a pressão sobre os valores domésticos. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

<< Voltar
  • Compartilhe: