ALGODÃO: COM VENDEDOR FIRME, PREÇOS SEGUEM EM ALTA

A disputa entre vendedores e compradores está acirrada no spot nacional, o que tem resultado em pequenas oscilações nos preços do algodão em pluma – ao longo da última semana, o Indicador CEPEA/ESALQ operou entre R$ 6,95 e R$ 7,02/libra-peso. No entanto, segundo colaboradores do Cepea, a posição firme de vendedores tem prevalecido e sustentado os valores. Atentos às valorizações do petróleo, esses agentes pedem preços maiores pela matéria-prima, mas demandantes, de olho nas incertezas relacionadas ao crescimento econômico, reduzem os valores das ofertas de compra. Assim, poucos são os compradores ativos no spot, até porque algumas indústrias relatam ter estoque elevado de manufaturado, já postergando o recebimento da matéria-prima contratada. Segundo colaboradores do Cepea, também houve sinalização de casos de fiações que reduziram a produção. Esse cenário e o forte aumento dos valores de frete têm limitado novas efetivações. Entre 8 e 15 de março, o Indicador CEPEA/ESALQ do algodão em pluma subiu 0,4%, fechando a R$ 6,9860/lp nessa terça-feira, 15. Na parcial de março, a alta é de 1,45%. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

<< Voltar
  • Compartilhe: