ALGODÃO: COM LIQUIDEZ LIMITADA; PREÇO DA PLUMA CAI

As cotações do algodão em pluma vêm registrando quedas um pouco mais intensas nesta segunda quinzena de março. Segundo colaboradores do Cepea, as baixas se devem à maior flexibilidade de parte dos vendedores, que, por sua vez, está atenta à retração nos valores internacionais. Além disso, as disparidades de preço e de qualidade entre os compradores e vendedores ativos limitam uma maior liquidez no spot. De acordo com o Cepea, alguns produtores capitalizados e/ou que fazem caixa com a comercialização de soja estão resistentes em negociar a pluma nos atuais patamares de preços. Do lado comprador, as aquisições seguem “da mão para a boca”, visto que agentes apostam na continuidade da pressão sobre os preços, enquanto outros seguem preocupados com as vendas enfraquecidas dos manufaturados. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

<< Voltar
  • Compartilhe: